O fetiche por sapatos/ Retifismo

O fetiche por sapatos/ Retifismo

Frequentemente confundido com a podofilia (adoração dos pés), o fetiche por sapatos representa uma preferência distinta que, como já indicado pelo nome, é centrada nos sapatos (geralmente com salto alto).

Parece que os homens têm mais do que uma simples fraqueza por isso, especialmente quando se trata de um par considerado... sexy (alguns sentem necessidade de tocar neles suavemente, cheirá-los, lambê-los). E fazem isso, obviamente, num ambiente adequado (para o eros), já que o objecto-fetiche associado a uma parceira ao mesmo nível, alimenta a atmosfera efervescente da comunião física.

Mas por que os sapatos? Por que não outro objecto ou “secção” vestimentária?

Antes de tudo, porque... podem! Tal como um chapéu de pele russa, uma boneca inflável, uma banana ou qualquer outro objecto aparentemente banal pode ser de interesse,  como o sapo que se transforma em príncipe, torna-se o fetiche dos sonhos daqueles que querem lhe dar sentido ou significado mais profundo.

Em segundo lugar, porque este tipo de calçado consegue transformar e conferir ao charme feminino uma elegância e sensualidade particular, levada de facto para um nível estonteante de “arranha-céu”.

Mas os detalhes têm alguma importância quando os sentidos são viciosamente instigados e os participantes declaram (em uníssono) ser satisfeitos e em êxtase?