A claustrofilia

A claustrofilia

A claustrofilia é o oposto da claustrofobia.

Os claustrofóbicos são aquelas pessoas que não podem estar em perímetros estreitos, fechados, sufocantes, que provocam neles a sensação persistente e insuportável de falta de espaço...

Ao invés, os claustrofilos (ou seja aqueles que amam o fetiche da claustrofilia) só se sentem bem neste tipo de perímetros, onde a liberdade de movimento é limitada e (se possível) reduzida ao mínimo.

Para satisfazer as suas preferências, eles geralmente usam caixas, gaiolas, sacos ou mesmo “dispositivos” especialmente concebidos para as suas necessidades, como por exemplo o chamado “vaccum bed” ou “vacbed” (uma espécie de plataforma mole, utilizada como cama, coberta com uma camada de látex na qual uma ou mais pessoas podem se introduzir e respirar através de um tubo ou orifício minúsculo, após o ar existente ter sido previamente extraído com uma bomba de vácuo, parte do “sistema”).

Como muitos prazeres extremos, neste também pode haver riscos provocados pela falta de oxigénio ou pelas posições praticadas. Mas se for introduzido no interior do casal, este método é capaz muitas vezes de se tornar benéfico, facilitando a aproximação e influenciando positivamente a comunião entre os dois (dada a reconversão radical da idéia de “espaço pessoal”).

Mas nada deve ser feito mantendo as dimenções e a justa atenção.